quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Pastor perde a esposa e três filhos em trágico acidente e lidera a igreja normalmente no dia seguinte: “estão descansando”

Um pastor nigeriano perdeu a família num acidente automobilístico na noite do último sábado, 17 de agosto. A esposa de Abraham Samuel, Hellen, e os três filhos, Saviour, Ensigne e Purity, foram encontrados entre as oito vítimas do acidente.

De acordo com o Christian Post, a família do pastor e os demais fiéis da Potter's Church – igreja dirigida por Abraham Samuel – viajavam em direção à cidade de Mina, quando ocorreu o acidente, por volta das 20h00.

Em depoimento, testemunhas afirmaram que o ônibus em que viajavam incediou-se após a colisão, tornando a operação de resgate ainda mais complexa. No total, viajavam 18 pessoas no ônibus.

Veículos de informação locais da Nigéria destacaram a demonstração de fé do pastor, que dirigiu o culto de domingo normalmente, após anunciar a perda dos quatro entes queridos. Os fiéis da Potter's Church foram surpreendidos com a notícia, e emocionados, prestaram condolências ao pastor.

"Minha esposa e as crianças estão descansando", limitou-se a dizer Abraham Samuel.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

 

Homem decide perseguir pastor para matá-lo e termina se convertendo ao Evangelho

Um plano de assassinato que se tornou numa conversão ao cristianismo é o testemunho de um indiano chamado Jayesh.

O homem não aceitava a forma como o pastor Nabhith, da organização Gospel for Asia evangelizava as pessoas de sua aldeia, e o procurou para sugerir que abandonasse o local antes que ele o denunciasse às autoridades por forçar os moradores a se converter ao cristianismo.

O pastor Nabhith, no entanto, explicou pacientemente que não deixaria a aldeia porque simplesmente não estava fazendo nada daquilo que Jayesh o acusava. Desde então, incomodado com a resistência do pastor, Jayesh planejou matá-lo.

Uma parte de seu plano era colher provas de que o pastor Nabhith havia transgredido a lei local, e por isso, ele passou a segui-lo por todos os lugares. Onde o pastor ia, Jayesh ia atrás, apenas esperando um deslize para matá-lo, e posteriormente justificar o crime dizendo que Nabhith havia transgredido a lei.

Porém, de acordo com informações do Charisma News, o que Jayesh viu foram verdadeiras demonstrações de amor ao próximo por parte do pastor Nabhith, que visitava enfermos e necessitados, e falava do Evangelho para estes. Vendo isso, Jayesh se convenceu de que o pastor não tinha planos de dominação ou de conversão de fiéis forçada.

Certo dia, após seguir o pastor pela aldeia, Jayesh sentou-se à porta do templo onde Nabhith conduz os cultos, e ouviu as orações pelos necessitados e os testemunhos dos fiéis, que demonstravam alegria ao contarem uns aos outros sobre a mudança de vida que haviam experimentado.

Jayesh caiu em lágrimas e seus gritos de desespero foram ouvidos pelo pastor e fiéis, que saíram à porta do templo para acalmá-lo e convidá-lo a participar do culto junto com os demais. Nervoso, Jayesh hesitou mas reconheceu que precisava do perdão de Deus, e confessou seu plano para matar o pastor.

Os fiéis e o pastor oraram juntos com Jayesh, que se converteu ao Evangelho e afirmou que suas dúvidas sobre o pastor Nabhith eram parte do passado: "Agora eu sei que não há nenhuma culpa nele. Ele adora a Deus de verdade", disse Jayesh.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+