quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Informação: Segundo relatório da ONU uma em cada oito pessoas dormem com fome

Recentemente o Programa Mundial de Alimentos, PMA, lançou uma lista com os 10 fatos mais importantes sobre a fome no mundo. A ONU aponta para a importância desta informação ser do conhecimento de todos no ano de 2014. Já paramos para pensar quantas pessoas no mundo têm fome? Será que este número diminui? Que consequências a fome terá para as crianças? O que podemos fazer para ajudá-las? Estas são algumas das questões a que o PMA procura responder, com uma lista que contribui para a reflexão de final de ano.

1 – Cerca de 842 milhões de pessoas no mundo não se alimentam em quantidade suficiente para serem saudáveis. Dados revelam que uma em cada oito pessoas vai dormir com fome todos os dias.

2 – O número de pessoas que sofrem de fome crônica diminuiu 17 por cento desde 1990-1992. Se esta tendência se mantiver, o mundo chegará perto de atingir a meta do Objetivo de Desenvolvimento do Milênio de redução da fome mundial.

3 – O Sul da Ásia é a região onde se concentra um maior número de pessoas subnutridas. As outras regiões mais afetadas são a África Subsaariana e a Ásia Oriental.

4 – Um terço de todas as mortes de crianças menores de cinco anos, nos países em desenvolvimento, está relacionado à desnutrição.

5 – Nos países em desenvolvimento, uma em cada quatro crianças sofre de atrofia. A alimentação inadequada prejudica os crescimentos físico e mental.

6 – Os primeiros 1000 dias da vida de uma criança, desde a gravidez até dois anos de idade, são cruciais. Durante este período, uma dieta adequada pode proteger as crianças de atrofia mental e física, que é resultante de situações de desnutrição.

7 – O número de famintos no mundo poderia ser reduzido se houvesse igualdade de recursos para as agricultoras. Se as mulheres tivessem acesso aos mesmos recursos que os homens, na agricultura, o número de famintos no mundo poderia ter uma redução de até 150 milhões.

8 – Fornecer todas as vitaminas e nutrientes necessários para que uma criança cresça saudável tem um custo de apenas US$ 0,25 por dia.

9 – Até 2050, as alterações climáticas podem conduzir até mais 24 milhões de crianças à fome. Quase metade das crianças atingidas estaria na África Subsaariana.

10 – É possível eliminar a fome das nossas vidas. O Desafio "Fome Zero", lançado pelo Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, procura conseguir o apoio global para a concretização desse objetivo.

O Info&Oração se preocupa com a questão da fome no mundo. Oramos diuturnamente para que todos tenham acesso ao alimento.

Lembre-se que nosso Senhor Jesus disse em Mateus 25:35-40:

"Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes."

Se você quer doar alimentos a quem necessita você pode fazer de muitas formas:

1-    Clicando no Banner do Clique Alimentos (WWW.cliquealimentos.com.br) e fazendo a sua doação sem gastar nada, basta clicar. A cada clique um quilo de alimento é doado;

2-    Doando a entidades (ONGs) que levam os alimentos aos necessitados (vide: www.bancodealimentos.org.br);

3-    Levando alimentos às igrejas que fazem campanhas sociais;

4-    Ou faça como seu coração mandar.




 

 

Cinema: Nicolas Cage viverá o capitão Ray Steele em nova versão de "Deixados para Trás" e gera polêmica entre fãs da série

Escalação de Nicolas Cage como protagonista do novo filme

A nova versão do filme "Deixados Para Trás" deverá estrear no segundo trimestre deste ano, mas já vem sendo questionada por fãs da série de livros e da trilogia de filme original dos anos 2000.

O novo filme será protagonizado pelo ator Nicolas Cage, que viverá o capitão Ray Steele, piloto de uma companhia aérea. Na história, o personagem é deixado para trás no arrebatamento.

Durante um bate-papo promovido por um site que divulgava o lançamento do filme, o produtor Paul Lalonde foi criticado por alguns fãs pela escolha de Nicolas Cage para o papel, pois o ator não seria "crente".

De acordo com informações do Christian Post, o produtor teria respondido que não se deve julgar a espiritualidade de uma pessoa pois essa é uma questão a ser resolvida "entre ela e Deus", e complementou afirmando que cada um "vive sua vida cristã" como achar melhor.

Anteriormente à polêmica no chat de lançamento do filme, outro fã da série escrita por Tim LaHaye e Jerry B. Jenkins já havia feito questionamentos sobre a escolha de Cage para o elenco do filme, dizendo que o ator seria adepto da cientologia, religião controversa que já foi o pivô de diversas polêmicas nos Estados Unidos e responsável pelo divórcio dos atores Tom Cruise – adepto da cientologia – e Katie Holmes.

Lalonde teria respondido ao fã que o ator Nicolas Cage não é membro da cientologia, e que antes de se tomar um rumor como informação, as pessoas deveriam investigar para encontrar a verdade.

Na história de "Deixados Para Trás", Steele é um homem que embora tenha sido criado numa família cristã, tem dificuldades de se relacionar com Deus e se afasta d'Ele. No arrebatamento, ele não é levado ao céu com a igreja, e passa a viver sua busca pessoal por Deus e lidera a resistência ao anticristo durante a Grande Tribulação.

Fonte: Gospel+